domingo, 16 de agosto de 2009

FORMAS DE TRABALHAR COM MÍDIA IMPRESSA NO MEIO DIGITAL

As práticas pedagógicas atuais primam por inserção das diversas mídias no currículo escolar em todo o ensino básico, ensinando e aprendendo com jogos educativos, com o uso da internet com editor de texto e diversos programas e sítios educativos.
Tendo em vista que o nosso público alvo são nativos digitais, nascem inseridos nesse mundo informacional e tecnológico é pertinente a utilização de recursos digitais e diversos tipos de textos digitais (seja ele verbal ou iconográfico) para um letramento competente, onde o aluno passa a adquirir e aprender acima de tudo a ler o mundo em sua volta.
Assim, essas novas necessidades educacionais levam a rupturas e mudanças de paradigmas. Ao professor é iminente a necessidade de capacitação, para de forma competente usar os recursos digitais aliados as práticas pedagógicas.
Hoje no mundo digital e informacional ampliam-se as possibilidades de expressão de comunicação, com o uso da web cam, dos blogs, email, salas de bate papo, plataformas educacionais, programas educativos e outros, é possível dar palestras e conferências, é possível compartilhar projetos seja ele de ensino ou de pesquisa, interagir e compartilhar idéias através da linguagem escrita ou oral.
O uso de tecnologias na educação ganha cada vez mais adeptos, pois as trocas, o engajamento e envolvimento dos alunos nas atividades, projetos e leituras motivam professores, mediadores no processo ensino-aprendizagem, a buscar cada vez mais novas possibilidades de uso. Esses resultados se devem a junção no texto digital de várias linguagens, e de um dinamismo na leitura não vista no texto impresso, já que o leitor pode de forma autônoma escolher os caminhos da leitura acessando links e sítios correlatos.
Usando o hipertexto e associando imagens e sons, possibilita-se o envolvimento e interação e a produção do conhecimento de um número maior de alunos com identidades diversas, competências e inteligências diversas. O texto tradicional, impresso, com sua leitura linear e sem interconexão de linguagens limita essa possibilidade.
A leitura num hipertexto amplia o papel do autor, que muito além da escrita preocupa-se com a produção, com as iconografias, gráficos, sons e também o papel do leitor que ganha ares de autor escolhendo seus caminhos de aprendizagem construindo sentidos e significando e ressignificando o mundo.

2 comentários:

Patrícia disse...

Nos dias atuais em que o mundo é totalmnete globalizado nos deparamos com textos feitos ainda de forma linear, a tecnologia chega ate nos causando uma mudança de paradigmas na educasção visando que a internet proporciona uma ampliaçao nas formas de comunicaçao em massa.

Wanakal disse...

Obrigada Patrícia por sua cotribuição!!

Postar um comentário

REALIZAÇÕES NTE BELÉM

BARRA DE VÍDEO- TCs na Educação

Loading...

TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO

Loading...

INFORMATIVO

Loading...